MOCKUPTIARA_27.062.png

A Estância de São Borja

A pecuária de um povo de índios missioneiros

Autora: Tiara Cristiana Pimentel dos Santos

ISBN: 978-65-81266-21-9

Nº de páginas: 192

Ano: 2022

A pesquisa realizada que tem como título A Estância de São Borja: a pecuária de um povo de índios missioneiros, trata da história das missões jesuíticas relacionada as estâncias e criação de gado bovino na sustentação dos povos das reduções. O trabalho compactua com a ideia de que os povos originários pampeanos, em sua maioria minuanos-guenoas – aqueles que eram considerados cavaleiros e se situavam nos pampas – contribuíram para a ampliação da reprodução do gado bovino no território que ocupavam na Vacaria do Mar. Um dos territórios minuano-guenoa era o da Estância de São Borja, onde se observou tanto o engajamento deste povo nessa atividade quanto o sistema administrativo das missões jesuíticas e a diversidade étnica da população do povo desta estância. Por fim, a pesquisa possibilitou a compreensão da participação dos indígenas minuanos-guenoas em diversas áreas que envolviam as reduções jesuíticas, principalmente no que concernia a criação do gado nas estâncias missioneiras.